Por que optar pelo Simples Nacional ao abrir sua cervejaria?

Até setembro de 2016, era preciso pagar os mesmos impostos das grandes empresas cervejeiras para entrar no ramo das cervejas. Mas tudo ficou mais fácil, e barato, a partir do dia 27 daquele mês, quando se tornou possível optar pelo Simples Nacional ao abrir uma cervejaria — por meio da sanção da Lei Complementar 155.

Mesmo com sanção do projeto, a lei passa a vigorar apenas no primeiro dia de 2018. Então, as micro e pequenas cervejarias já existentes poderão alterar o enquadramento tributário e as novas empresas da área já poderão iniciar suas atividades no regime simplificado.

Havendo a possibilidade, surge a pergunta: é vantagem aderir ao Simples? Certamente. E vamos mostrar a você agora porque essa é a melhor opção tributária para seu pequeno negócio fabricante de cervejas!

Quais serão as alíquotas e limites?

A partir da validade da lei, as pequenas cervejarias poderão estar no Simples faturando até R$ 4,8 milhões em períodos de 12 meses, pagando as alíquotas do Anexo II — da indústria de bebidas. Os percentuais serão os seguintes:

  • 4,5% de impostos para receita de até R$ 180 mil;

  • 7,8% de impostos para receita entre R$ 180 mil e R$ 360 mil;

  • 10% de impostos para receita entre R$ 360 mil e R$ 720 mil;

  • 11,2% de impostos para receita entre R$ 720 mil e R$ 1,8 milhão;

  • 14,7% de impostos para receita entre R$ 1,8 milhão e R$ 3,6 milhões

  • E 30% de impostos para receita entre R$ 3,6 milhões e R$ 4,8 milhões.

Escolher o Simples ao abrir uma cervejaria gera economia?

Lucro Presumido

Por exemplo, se uma pequena cervejaria vender cinco mil litros ao mês por um valor de R$ 13 por litro, vai faturar R$ 65 mil mensalmente — R$ 780 mil em 12 meses.

Para essa hipótese, pelo regime simplificado, o negócio ficaria na quarta faixa de faturamento, pagando 11,2% de tributos sobre a receita bruta: R$ 7.279,99. Um total de R$ 21.839,97 trimestralmente.

Já no Presumido, mensalmente, o Pis e a Cofins sobre a receita bruta, em uma alíquota conjunta de 3,65%, resultariam em R$ 2.372,50. Porém, trimestralmente ainda é preciso arcar com mais dois impostos, o Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) — respectivamente em 15% e 12%.

Então, para calcular os impostos trimestrais é preciso apurar a presunção de lucro sobre a atividade para esse período, que é de 8%. Portanto, o lucro presumido para o trimestre — cuja receita é de R$ 195 mil — é R$ 15.600. Aplicando os percentuais sobre esse valor teríamos R$ 2.340 de CSLL e R$ 1.872 de IRPJ.

Além disso, ainda há a aplicação sobre a receita bruta do IPI em 6% e do ICMS, que fica entre 17% e 18% nos estados. Portanto, seriam mais R$ 3.900 de IPI e em média R$ 11.375 de ICMS — sem abater os possíveis créditos fiscais — mensalmente.

Resultado

Ao fim de um trimestre, pelo Presumido, a pequena cervejaria teria uma carga tributária de aproximadamente R$ 57 mil. Já no Simples, o mesmo período geraria a carga de R$ 21.839,97. Ou seja, a economia nesse caso seria de mais de R$ 30 mil, cerca de R$ 11.500 por mês.

Lucro Real

Aqui, a diferença fica ainda maior. Primeiramente porque Pis e Cofins passam a somar 9,25%, total a ser aplicado sobre a receita bruta mensal.

Já o IRPJ continua em 15%, enquanto a CSLL é reduzida a 9%. Porém, nesse regime ambos tributam o lucro líquido. Então, caso a empresa tenha margem superior a 8%, os valores desses impostos também aumentam. Depois, a conta ficar ainda maior incluindo o IPI e o ICMS.

Portanto, é fundamental escolher o Simples Nacional ao abrir uma cervejaria para que a empresa possa ser mais competitiva. A despesa reduzida pode significar, além de mais lucro e capital de giro, possibilidades financeiras de investir em inovação e expansão. Assim, é possível competir com as grandes e buscar a liderança entre as micro e pequenas produtoras.

Pronto para entrar no ramo das cervejas? Já planeja alterar seu enquadramento no próximo ano? Conte para a gente. E se ainda tiver alguma dúvida, deixe nos comentários!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"